Oi, pessoal! A especialização em Dermatologia pode ser muito atraente, especialmente agora, na era do skincare! Se você deseja se especializar nessa área e, além disso, exercer a profissão nos Estados Unidos, deve se atentar para as particularidades do processo de obtenção do diploma médico americano e programas de residência na especialização, já que a Dermatologia está entre as mais concorridas no país.

Segundo a pesquisa de 2018 do NRMP (National Resident Matching Program), nenhum dos programas de residência em dermatologia frequentemente entrevista IMGs não-americanos, sendo que 59% deles nunca os considera para entrevista, aumentando a competitividade ainda mais para os estrangeiros que se formaram fora do país e fazendo com que seja raro encontrá-los na especialidade. Por isso, comece selecionando os programas mais amigáveis para IMGs, aumentando suas chances de ser chamado para entrevistas e de fazer parte desse seleto grupo de profissionais.

Programas escolhidos? É a hora de se atentar ao seu currículo! Ainda segundo a pesquisa do NRMP, os fatores mais valorizados pelos avaliadores dos programas de residência em dermatologia são:

  1. Cartas de Recomendação: Nesse caso, é importante que as cartas sejam de profissionais da área que você deseja seguir. É imprescindível também que você tenha cartas de recomendação de profissionais americanos – que você pode conseguir por meio dos estágios.
  2. Pontuação no Step 1: Para essa especialização, o ideal é garantir uma pontuação acima de 250 no Step 1. No final deste texto você encontra uma relação de alguns programas de dermatologia e sua pontuação média no USMLE.
  3. Compromisso com a especialização: A melhor forma de mostrar que você tem compromisso com a dermatologia é através de publicações científicas. É bem comum que os poucos IMGs residentes em Dermatologia tenham passado pelo menos um ou dois anos se dedicando à pesquisa não remunerada.

Há ainda a possibilidade de realizar uma Research Elective, te dando mais experiência em pesquisa e rendendo Cartas de Recomendação de profissionais americanos, mas lembre-se que esse tipo de estágio não é considerado experiência clínica! Acesse nosso post sobre estágios nos EUA para entender melhor qual tipo de experiência será mais valiosa para você.

Para se especializar em dermatologia, você precisará dedicar 4 anos à residência. Esse período pode ser composto por um programa de 4 anos ou um ano de transição (ou preliminar) e um programa de 3 anos. Em ambos os casos o primeiro ano (preliminar ou da residência de 4 anos) dessa trajetória deve ser de treinamento clínico geral. Para subespecializações (como dermatopatologia ou dermatologia pediátrica), pode somar mais um ano.

Durante esse tempo você contará com as bolsas para residentes, que ficam em torno de US$58.000,00 no primeiro ano e US$65.000,00 no último ano do programa. Além disso, você pode receber reembolsos referentes a mudanças e realocação ou ainda verba destinada à compra de livros.

Ao fim desses – pelo menos – quatro anos, o Dermatologista que exercer sua profissão nos EUA pode esperar receber entre US$298.100,00 e US$450.000,00, sendo que a média salarial nacional é de US$347.100,00!

Obter a licença médica americana é um processo árduo, porém gratificante. Você poderá tratar de doenças de pele, membranas mucosas, cabelos e unhas, além de uma série de ISTs. Para te ajudar a alcançar seus objetivos na carreira nos Estados Unidos, a MBSA oferece cursos preparatórios para o USMLE, além de consultoria personalizada e individual! Você terá todo o apoio para escolher os melhores programas e navegar pelo processo com mais tranquilidade, além de poder refazer o curso sem custo adicional – o que pode ser muito útil para que você se sinta 100% seguro ao aplicar para uma especialização tão concorrida! Entre em contato pelo nosso Instagram para tirar suas dúvidas e não esqueça de acessar o blog para aprender mais sobre o USMLE, a vida nos EUA e as especializações.

Aqui você encontra a nota média dos residentes de alguns programas dos EUA:

Yale

Pontuação Média no Step 1: >240

Pontuação Mínima no Step 2: 200

Dartmouth

Pontuação Média no Step 1: >240

Pontuação Mínima no Step 2: 210

Brown

Pontuação Mínima no Step 1: 220

7,7% de IMGs

Cornell

Pontuação Média no Step 1: >245

Pontuação Mínima no Step 2: 200

University of California (Davis) – Primeiro lugar na lista dos programas IMG friendly

Pontuação Mínima no Step 1: 230

Pontuação Mínima no Step 2: 235

15,5% de IMGs

University of Connecticut – Segundo lugar na lista dos programas IMG friendly

Pontuação Média no Step 1: >245

Um abraço,
Até a próxima,
Juliana Soares Linn

Share This
%d blogueiros gostam disto: