Oi pessoal!

Todos sabemos o quanto é importante ser um profissional preocupado em se manter constantemente atualizado. E qualquer que seja a área, o inglês é fundamental no mundo contemporâneo – inclusive na Medicina! Para um médico, dominar o inglês vai além do básico que aprendemos em cursos de idiomas ou mesmo durante o ensino médio: é preciso ter um bom conhecimento do que conhecemos como “inglês médico”.

Sabe aquele congresso internacional de Medicina que vai dar um up no seu currículo? Ou então aquele último estudo sobre a covid-19? Pois é. Nesses momentos, se você não domina o vocabulário clínico e científico da Medicina, é bem provável que não consiga dar conta sozinho.Nessas horas, o Google Tradutor não é suficiente: é preciso conhecer qual a linguagem mais adequada e quais são os termos técnicos do vocabulário da nossa área.

As maiores revistas científicas como The New England Journal of Medicine, The Lancet ou Annals of Internal Medicine são todas publicações em inglês. Em muitos países, esse é o único idioma em que as pesquisas são divulgadas. Até mesmo simpósios e conferências são realizados no idioma. Quem quer acompanhar o progresso científico, não pode ignorar a importância disso.

Durante a atual pandemia, ficou óbvio o quanto nosso mundo já é integrado. O conhecimento é compartilhado por toda comunidade científica internacional. Ao mesmo tempo, a área médica vem se tornando uma das mais flexíveis em termos de mobilidade estrangeira. Além de trabalhos como Médicos Sem Fronteiras, profissionais brasileiros estão percebendo as vantagens de atuar no exterior.

Nesses casos, o inglês médico ultrapassa o fundamental e se torna pré-requisito. Mesmo quem tem um nível avançado do idioma começa pelo básico, já que o pouco vocabulário vem de séries médicas de TV, como Grey’s Anatomy ou Dr. House. 

Mesmo médicos que não pretendem sair do Brasil precisam do inglês. Basta lembrar que o turismo médico já é uma realidade em nosso país: em algumas especialidades, como Cirurgia Plástica, os preços competitivos e a boa reputação dos nossos profissionais atraem estrangeiros ano a ano. No Rio de Janeiro, por exemplo, 20% dos pacientes de Cirurgia Plástica são de origem internacional.

Não deixe o idioma ser uma barreira na sua carreira! A MBSA tem diversos módulos do curso de inglês médico, para você se comunicar e entender tudo com clareza! 

Escolha o módulo que melhor se adapta a você! Caso não saiba, você pode conversar com um professor da MBSA para descobrir seu nível, basta entrar em contato conosco – clique aqui! Junte-se ao time: Medicina no exterior é nossa especialidade!

Share This
%d blogueiros gostam disto: